sexta-feira, 17 de agosto de 2007

RETRATO EM BRANCO E PRETO

Elis Regina


.


Descobri no acaso das argonéticas, a apresenção de Nara Leão no festival da Canção de 1966, na TV Record. interpretando a música do Chico, A BANDA, que, juntamente com DISPARADA, do saudoso Geraldo Vandré, interpretada por Jair Rodrigues, ganharam o festival de 1966. Até aí tudo normal.
No vídeo em branco e preto, algo me chamou a atenção. Num momento da apresentação, a câmera foca Nara pelas costas e no fundo a platéia. Gente... que coisa bonita... Caras, rostos, faces... nítidamente nítidos, nítidas, expressivas. Dá pra perceber que era gente... Então fiquei comparando com os shows modernos: luzes, fumaças, explosões, mise-en-scene, bailados, expressões corporais e tem até quem atire calcinhas ... Sérgio Ricardo atirou seu violão na platéia, mas era de raiva, de revolta... Então... será que éramos mais autênticos? Ou será saudosismo água-com-açucar?
.
Nunca me esqueci, uma pergunta de meu filho, lá com seus 5 ou 6 anos de idade, quando estava vendo umas fotos antigas minhas, em branco e preto: "Pai, quando vc era jovem, o mundo era em branco e preto?
.
Não sou muito de postar vídeos aqui, mas é o jeito... Dá uma cutucada no tal vídeo e confira se eu deliro= http://www.youtube.com/watch?v=HEqkkSE3V2E
.
"Não me sinto mal cantando e tocando violão sentada em um banquinho. Atualmente os artistas têm criado mise-en-scêne especiais para suas apresentações mas, realmente, não tenho motivação para esse tipo de coisa. Não sei gritar shazan e me transformar." NARA LEÃO.

.
"Vou colecionar mais um soneto
Do retrato em branco e preto
A maltratar meu coração"
,
"Quem quebrou meu violão de estimação?
Foi ela..."

15 comentários:

Anônimo disse...

Sábio, hoje não tão sábio ...
Quem jogou o violão foi o Sergio Ricardo... não foi Geraldo Vandré... Aki em casa ainda tem fitas gravadas com esses festivais ... pena o tempo apagou quase tudo ... mas dá ainda para sentir a emoção daquelas pessoas ...Sr Sábio diga p/o Archie ver um show do Chico .. q ainda verá caras alegres ... sem dançarinas ... um palco Chico, Violão e um pequeno acompanhamento ... e a gente grita LIDOOOOO ..... LINDOOOOO ... Sr Sábio, não é show da Globo não ..é ao vivo e a cores no canecão ...
Até eu estou com saudade do q não vivi ...
Um abraço
Clara

Requerí disse...

eicí, amor, pq saudoso ... tadinho?!?!?

ele não é o sérgio ricardo ... rsrs ... acredite!!!
muita gente gostaria de ser o sérgio ricardo. hj em dia ele tá na minha agenda. mora em niterói (mas é paulista ... graças a d'us!!!) e dentre tudo que ele faz na vida, músico (no escritório dele, tem um violão num canto, com uma legenda que diz assim: "estou de mudança" ... rs ...), artista plástico, poeta, escritor, compositor, ator (começou fazendo tv de vanguarda e gde teatro tupi) ... e sei lá mais quanto ... é um cineasta com prêmio internacional, e tudo.
vc sabia disso???
boa idéia!!! vou por no meu rebloggando.
ele é uma daquelas pessoas brasileiras, que sabem fazer, fazem e não dão trela pra mídia atolada na mesmíce burra.
quanto ao vandré, tá no rio, compondo umas coisas bobinhas, quietinho, chato e mal humorado ... rsrs ...

acredite, o vandré não é o sérgio ricardo, pois, naquele dia de 1967, no III festival da record, o violão passou ventando sobre a minha cabeça ... eu não vaiei ... prometo! ... rsrs ...

os festivais não eram exatamente um exemplo de pureza, não era tudo tão natural, como pode parecer hj, diante da plastificação da tv. bastantes maracutaias permearam os bastidores dos festivais da record que, apesar disso, são uma das melhores e mais completas referências da minha vida.

e tenho, e disse ... bj ...

Anônimo disse...

Segio Ricardo, depois de uma experiência vitoriosa numa favela do Rio ....
Agora está aki pertinho de mim ...
O Vandré, segundo boatos sofreu na ditadura uma lavagem celebral ...
Mesmo compondo coisinhas bocas, não podemos e não queremos esquecer o q foi ele durante a ditadura ....
Tadinho podia ter feito parte do PARAPAN ... e continuar sendo respeitado ... vamos falar de flores ...
Sábio vc inventa ....
Não me deixa quieta ....
Bjos
Clara

Requerí disse...

eicí, tem muito pouca coisa do gê nos arquivos das emissoras. a record, que teria o maior acervo, foi incendiada várias vezes. ele mesmo, não tem nada e nem faz questão de ter. um dia conversei com ele sobre isso, eu disse que passaria pra dvd, ele argumentou: menina, não vai gastar dinheiro.

catei esse aqui, da aroeira. não sei como funciona isso nos comentários. não sei se dá pra linkar. de qualquer maneira, copia no teu blog. coloca na barra lateral, avisa de quem é, assim que entrar aqui pode ver. faz isso com outras coisas que vc goste. tem uma maneira de fazer isso em "personalizar".

http://www.youtube.com/v/EGyb11knYYo"

fui. see you later. bj.

Anônimo disse...

Querido Sábio, como vc mesmo já falou neste blog ... " o mundo acabou nos anos 70 " .... a palavra " autênticos" que vc usou está correta . Não podemos dizer que " autenticidade" seja uma qualidade dos artistas de hoje ...
Eram jovens que tinham uma idéia, um ideal, uma opinião, uma posição, e que a expressavam em letras/poemas que primavam pela beleza poética primorosamente escrita;em músicas que ao mesmo tempo que apresentavam acordes inovadores/geniais, resagatavam ritmos de nossa terra. E a platéia, sim vc está certo, tb era autêntica e vibrava brigando por sua opinião e que algum dos interpretes/autores defendiam...e aplaudia, brigava, vaiava pra defender sua posição ... sempre me dá uma peninha ao ver a cara do Chico e das moças do Quarteto em Cy cantando Sabiá sob uma vaia torrencial ... mas a platéia queria demonstrar a sua indignação com a ditadura, tão bem colocada nos lindos e profundos versos do Vandré.
Mas tb tem um saudosismo sim... mas é gostoso... pô, um passado assim quem não curte !!! Quando lembro que saia da minha cidade para ir ao Rio ver os shows, teatros ... que delícia ... grupo de colegas da universidade ... não posso esquecer do show do Chico e Betânia no canecão ... nós (estudantes duros , rsss ) ... ficamos num kitnet ( era assim que falava ...) de um colega no Leme.. fomos e voltamos a pé, atravessamos o túnel alegres, cantando ...Ahhhh ... o Rio era uma cidade maravilhosa !!!( ainda é!! ... mas não se pode mais usufrui-lo..)
Desculpe, por ter falado tanto .... mas este tema mexe lá dentro ...
Beijo
Bela

Anônimo disse...

Ô Sô!!!
Eu tô bancando a boba..
..quer dizer que tá tendo disputa da muierada pra chamá atenção do Sábio, e eu não sabia!!!
... e eu perdendo tempo... uai...
Num esquece deu não Sábio...rsss...
Beijin..
Bela

Sábio do Cerrado disse...

Poxaaaa
Troquei as bolas mesmo !!!
Eu com meu velho problema de esquecer nomes...
Mas foi bom.Dizem que que o Maluf deposita certo em bancos tortuosos, assim é que deu margem para as meninas reviverem dois "porretas" da época que as muheres adoravam = a DITA DURA !
Vou corrigir...rs

Anônimo disse...

gostei muito das novidades ....
O s�bio est� modernoso .........
Agora a trilha sonora, foge de qualquer assunto .... Ent�o o S�bio fala da Elis, fala do festival... e coloca uma m�sica q n�o esteve em qualquer festival ...
N�o � atoa q o S�bio misturou Sergio Ricardo com o Geraldo Vandr�
A trilha sonora .... explica as confus�es do S�bio .... n�o s� a Carolina viu o tempo passar pela janela ....
Nosso s�bio nem isso .....
A banda vai passando e o s�bio perdendo o passo ....
Clara

Anônimo disse...

Que legal Sábio !
Ficou ótima a apresentação das fotos ( pena que passa rápido ..rss )!
A música ... sem comentários ... eternamente bela ...
Beijo de boa semana.
Bela

Sábio do Cerrado disse...

Clara
Tu tá de mal com a vida?
Ou vc é espanhola, tipo hay sábio yo soy contra ?
Vou contar pro sábio que vc está detonando-o-o-o-o
A trilha sonora, não tem nada com a postagem...
Hj vc não merece beijos.

Anônimo disse...

Muito bom q fale com o Sábio ...
Eu pensei aqui era um lugar democrático ...não sujeito a censuras .. se não é ... deixou de ser o meu lugar ...Toda trilha sonora tem a ver com o assunto tratado ... veja filmes ... minisséries etc .. ou quem sabe numa ópera ... se coloque ... mamãe eu quero, e tantas mais do Sassaricando .. ou quem sabe no Sassaricando ..coloque músicas classicas .... não quero seus beijos ... e nem dou beijo para qualquer UM ... FIMMMMMMMMMMMMMM
Achei descortez a maneira q o seu "empresário" me tratou...seu mentor intelectual ...antes de dar recados pouco educados ... ensine o moço a ter boa maneiras ....
Clara

Requerí disse...

eicí, desde aquela hora tô tentando sem êxito, colocar aquele coiso da musiquinha no meu rebloggando. aliás, "to tentando", faz tempo, fazer com que as pessoas abram o meu blog e sejam recebidas com música ... quem me conhece ... rs ... sabe que isso é, no mínimo, fundamental.
surgiu até um imbroglio com o quick time que ainda não entendi ...
não precisa ser com figurinha, pode, até, ser invisível.
pois bem, virou piração: preciso de música no meu blog pq música é tudo e pra deixar o coitadinho mais acolhedor e enfeitado.
talvez fosse interessante o seu tutorial at the real moment ... e não venha dizer que eu sou teimosa ... rs ...
amanhã, não trabalho (viu???), vou me entreter musicando o reblogg ... agora, é uma questão de honor ... depois de mil tentativas ... ô saco!!!

Requerí disse...

eicí, sabe pq a gente se dá bem??? pq eu digo de música e você ... rsrsrs ... do resto ...

ó, reblogguei maravilhosa e modestamente ... rs ... sobre, brian ferry dylanesqueando dylan ... claro!!!
tem vídeo dele cantando ao vivo uma das músicas do cd dylanesque, no qual ele, pela prima volta em sua carreira, homenageia um único artista de cabo a rabo ...
desse vc vai gostar. prometo!!! tá bem longe da argélia ... rsrs ...

vai ver http://rebloggando.blogspot.com/

Sábio do Cerrado disse...

A Clara é inconformada...rs
Como aqui tem censura, menina???
Me cita uma !

A trilha sonora, que vc assim denomina é dá página e não das postagens.

Meu mestre é supositóriamente educado. Não fala assim dele ...rs
bjos

Anônimo disse...

apenas uma informação:
a postagem faz parte da pagina?
e a música faz parte do avesso da página.Muito original.