terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

MORRA em ACIDENTE AÉREO


O acidente na semana passada, com um barco no rio Amazonas, vitimando cerca de 40 pessoas, foi noticiado rapidamente nas emissoras de TV. Um dia só. Nenhum parente das vítimas foi entrevistado, nenhuma autoridade palpitou, nenhuma ONG chiou. nenhum padre benzeu, nenhum pastor orou. Já o acidente com o avião da TAM, permaneceu meses nos noticiários. Governo interferiu, ministro caiu, engenheiros palpitaram, ex pilotos falaram, enfim...
Assim sendo está a confirmar o preconceito do brasileiro. Não racial...é claro! O racial a gente "tira de letra". Nosso preconceito é social. Em outras palavras: detestamos pobres.
Me impressiona muito a imagem de uma menina descalça, em uma propaganda de uma determinada entidade que não me recordo o seu nome. Isto na TV. O olhar dela penetra... coisa impressionante e o texto de Cristovam Buaque diz: "depois de 8 mil anos que inventaram o sapato, ainda existe gente sem"...mais ou menos assim.
Os programas sociais do Governo Federal são alvos de críticas negativas e na minha mente não desaparece o olhar da menina sentadinha numa carteira na escola...descalça!!!
Portanto, caro leitor, não morra anonimamente. Faça-o em uma bela aeronave e apareça na plin plin. E de avião você chegará mais rápido ao céu ou...

8 comentários:

Anônimo disse...

Abrir tubo de pasta de dente com tesoura para aproveitar o restinho que sobrou.
Acender latinha com álcool dentro do box do banheiro em dia de frio.
Acordar cedo no domingo prá lavar o carro antes que a água acabe.
Amarrar o cachorro com fio de luz.
Amarrar perna de óculos com arame.
Andar com aquela carteira profissional ensebada no bolso de trás.
Andar de carro com vidro fechado no maior calor só para pensarem que você tem ar condicionado.
Andar pendurado na porta do ônibus.
Anotar recado de telefone em papel de pão.
Apertar parafuso da antena de TV com faca de ponta redonda, porque a chave de fenda esta sendo usada para travar o vidro do carro.
Aproveitar a chuva para lavar o carro.
Aproveitar garrafa plástica de refrigerante prá botar água na geladeira. etc´

São os conceitos que a Rede Globo de televisão reforçou qdo no programa Sai de Baixo com o personagem Caco Antibies que tbém não passava de um pobre ...pois o conceito de pobre na realidade é aquele que apesar de comer xuxu arrota peru ,o pior é ter um interior podre ...O conceito de pobreza é uma questão cultural ...nem mesmo preconceito acredito ser, uma vez que esse país na verdade foi colonizado por pobres ..pelo meu pouco conhecimento Mestre sabemos que estrangeiros aqui foram jogados a fim de trabalho escravo..
Agora deixo para o senhor completar o meu pensamento estou cansada mas não resisti passar por aqui e deixar meu parecer crítico.
Abraços
Vanda

Ev@ disse...

Conheci hoje ...
Mora nos EUA....
veja nesse site http://www.rubensdelacorte.com/live/.... ele é músico dos melhores ...
conversamos ... enquanto ouvia a música dele .... pôooo
Ev@.... tesão

Anônimo disse...

só aqui vc lê...
anda tão ocupado com novo amor q não responde nada q mando ...
Não precisa mas eu TE AMO ...
Acho q é castigo
Amar vc só pode ser castigo ..
Mas amo ..
Amo

Anônimo disse...

Quero vc inteiro ou em pedaços.
Quero-te sempre, mais e mais .

Anônimo disse...

Querido Sábio

Concordo plenamente com a sua análise sobre este terrível acidente no Rio Amazonas.
Pouco se falou na imprensa. O super – ministro Jobim não ficou nervosinho, dizendo que tomaria tais e tais medidas ( que acabou recuando ...) . Os parentes das vítimas já estão esquecidos.

Uma vez eu li um artigo que fazia a seguinte afirmação ( e que concordo ): “O preconceito contra o pobre tem sua origem na visão capitalista de que as diferenças sociais são exclusivamente resultado das diferenças de capacidade individuais, de talento pessoal. O pobre seria pobre, portanto, por ser incompetente”
“Pobreza é uma situação que tem que ser extremamente respeitável. É como se para entendê-la, fosse necessário deixar o estômago vazio para se experimentar uma amostra grátis do sofrimento habitual do pobre: a fome. Pessoas não-pobres falam da pobreza sem lágrimas nos olhos ... sem um sentimento de revolta ... como se podia sentir no sociólogo Betinho. “

O Preconceito contra os Pobre sempre existiu na nossa sociedade , mas agora ele está fora de controle !!
Há alguns meses um Sociólogo ( ??? ) lançou um livro “ A Cabeça do Brasleiro” , onde sustenta que somente a opinião e as realizações da elite merecem ser levadas em consideração sobre os mais diversos temas, especialmente em relação às questões éticas, culturais e morais. Nas entrelinhas, Almeida ( o infeliz autor) responsabiliza o ''povo'' por todas as mazelas nacionais. ... A imprensa elitista ( preconceituosa) fez a festa ..Foi capa da Veja , deu entrevista há quase todos os telejornais e rádios ... e mereceu ser o grande entrevistado do programa Roda Viva ( apelidado nos meios políticos como ''poleiro de tucanos''...kkk )..
Exemplos deste preconceito ferrenho são muitos e fáceis de citar ... mas ... o principal é o contra o Presidente Lula ... um nordestino!!!; iletrado !!!; de origem pobre !! ...ah , não isto é demais !!! a burguesia , com seus “ emergentes” ... não consegue digerir esta situação ...como diria esdrúxula.. kkk
O governo atual tem apresentado resultados progressivamente positivos em diversas áreas ... mas a eleite esperneia ... o Bolsa Família, o Sorridente, o Luz para Todos, o Territórios da Cidadania ....é tudo demagogia ... ou pior , com estes programas o pobre está nadando em dinheiro...kkk

Bem, Sábio você provocando com estes temas ..e eu vou comendo corda ... rsss

Mas, o mais importante eu ainda não falei .... estou morreeeeeeeeeendo de saudade !!
E ainda aparece um Anônimo te querendo todinho !!! Poxa ....

Um beijo muito especial da Bela

archimedes disse...

Bela
Ainda bem que depois do Paulo Coelho tornar-se "imortal", não leio mais nada. Mas pelo que vc relata desse tal "almerda" a coisa piorou... O pior que nosso ELITISMO tem seu fulcro no COLONIALISMO. Em outras words... A elite brasileira nasce do puxa-saquismo.
Os brasileiros idiotas de então, adotavam os tiques e modelos portugueses, para estar POR CIMA.
Agora pensa = Uma elite que nasce da imitação de lusitano vai chegar aonde?
Pensou de chiclets de bola?
ACERTOU.

Anônimo disse...

Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar
E cada verso meu será
Prá te dizer que eu sei que vou te amar
Por toda minha vida
Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que esta ausência tua me causou
Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida

SONETO DE FIDELIDADE

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Archimedes Carpentieri disse...

GENTIS... VAMOS COLOCAR O CRÉDITO NOS POEMAS, NÉ?