sábado, 11 de julho de 2009

MICHAEL FOI ASSASSINADO

Enigma da Esfinge : Mata-me que eu faturo $

Michael estava no ostracismo há muitos anos. Sua carreira e fortuna despencando.
Os parentes, gravadora, empresários, preocupados com as milionárias dívidas do pop star. Então se projetou uma tournée que poderia salvar toda aquela tropa de choque vampiresca no entorno do mocinho que mudou de cor.

Mas eis que, surpreendentemente, Michael não resistiu fisicamente aos ensaios. Seria um blefe, um fracasso maior. Os investimentos aumentariam os prejuízos, enfim, o tiro das apresentações na Inglaterra sairia pela culatra.

Só haveria uma solução: matar o rapaz! E assim, com o drama shakespereano voltaria a ser vendidos milhões de CDs, outros milhões de participação nas transmissões de seu enterro, mais outros na venda da imagem, etc etc

Sua irmã La Toya, certamente fora do esquema, declarou ao Daily Mail, jornal britânico: “Eu acredito que Michael foi assassinado. Eu senti isso desde o início. Não teve só uma pessoa envolvida, mas um grupo. Uma conspiração”.... "Há menos de um mês, eu falei que achava que ele iria morrer antes dos concertos em Londres. Ele valia mais de US$1 bilhão. Ele morto valeria mais do que vivo",

Tudo leva a crer que a própria família fazia parte desse complô. O pai de Michael tem cara de gangster e os irmãos de componentes do PCC

Os admiradores do rei da música pop, como sempre, são os inocentes úteis. Agora estão a comprar os CDs para a felicidade dos bandidos ...

3 comentários:

Anônimo disse...

rs.... ahhh pára..... como vc pode assim tão longe do que podemos ter acesso..... afirmar isto ?

Archimedes Carpentieri disse...

Melhor ir longe que ficar parado num apto , com a boca cheia de dentes esperando o papai noel, o coelhinho da páscoa e quetais
Se entrar novamente, por favor se identifique, mesmo com nome falso.

Cebola disse...

eu tbem acredito nesta versão sua Archimedes. Mataram o pop star