sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

LULA SUPERA O PAPA 16 e o VASCO DA GAMA

Papa anti-pop declarou ser contra homossexual e a favor do homossexualismo. Entendeu? Eu não! Só Lula para decifrar tal mistério!

A revista Newsweek, a “Veja” dos americanos, em reportagem onde aparece uma pesquisa para apontar os 49 homens mais importantes do atual cenário mundial, que pode influenciar a política americana na gestão do Barack.
Lula aparece como a 18ª pessoa mais influente do planeta, a Newsweek escreve que, "depois de pegar o Brasil à beira da ruína no início de 2003", o atual presidente hoje governa um país com mais de US$ 200 bilhões em reservas internacionais e com o menor índice de inflação entre os países emergentes”
A lista aponta Barack Obama em primeiro, conta com o presidente da China, Hu Jintao, em segundo lugar, e o da França, Nicolas Sarkozy, em terceiro dentre outros...
Lula aparece à frente de figuras como o papa Bento XVI (37º), o milionário saudita no exílio Osama bin Laden (42º) e o dalai-lama (46º). No texto de apresentação, a Newsweek admite que a elaboração da lista é "altamente subjetiva e arbitrária", mas assegura que as escolhas foram cuidadosamente avaliadas e representam a tendência do novo equilíbrio de poder no mundo. As informações estão no site aberto da Newsweek
Os brasileiros estão a torcer para que Lula não tenha conhecimento desse ranking, pois temem que ele passe a abençoar os povos do planeta em suas aparições, em ingreis, ispanhou, chiniês, intalianu, franceis, niponicus e latido , que segundo entende é o idioma mais adequado aos pontífices.
Já o Papa 16 está com a cotação mais baixa que o time do Vasco da Gama, que acaba de ser rebaixado para a segunda divisão do campeonato brasileiro de futebol.

2 comentários:

Anônimo disse...

Entrei....tenteiiiiiiiiiii...riiiiiiii muito e sai
Feliz 2009 em ingreis..franceis...iatlianeis....etc.
FUIIIIIIIIIII

coração de açucar disse...

Affe...se eu fosse definir seu tempero diria agridoce....rsrsrsrs
Que a imaginação continue fluindo em 2009.
Beijos.