quinta-feira, 10 de abril de 2008

CASO ISABELLA - PATOLOGIA OU PREMEDITAÇÃO?


Reportando-me às carteiras do curso de psicanálise que um dia ousei fazer para depois desistir, ouso também fazer um diagnóstico sobre o crime da menina Isabella.
Há dois tipos de assassinos (excluindo-se drogas):
.
1 – Comum - Um tem plena consciência do ato, premeditado ou não. Neste caso há sempre uma razão determinada embora em alguns casos, não importa, essa razão seja absorvida pelo estado emocional. No caso da Isabella o assassino ou a assassina, possivelmente seria uma pessoa desvinculada da família, um crime comum, se é que assim podemos denominá-lo. Notoriamente um crime consciente.
2- Patológico - A Psicanalista Gail Saltz (Anatomia de uma Vida Secreta 2007. Editora Gente), faz um exame profundo de como uma vida
secreta é formada, sobrevive, justifica-se e é exposto pela mente doentia. Ela mostra como podem divergir das normas que terminam destruindo suas próprias vidas e as vidas que são envolvidas por eles. Para a autora, todos têm um lado oculto, mesmo que inconsciente que pode ser revelado aos poucos, durante toda a vida, e isso pode funcionar como algo saudável, mas ao mesmo tempo destruidor. Segundo a psiquiatra, essa vida secreta pode ameaçar as atitudes do dia-a-dia, dos relacionamentos, das carreiras e, em casos extremos, a vida de outras pessoas que conviveesses são seres patológicos esquisitóides. Nem todos passam por uma vida dramática, mas atitudes ocultas podem, de fato, influenciar a vida de um indivíduo, iludindo-o com fantasias.
.
O que acontece na mente de uma pessoa esquisitóide? No ato que é acometido por esse tipo de loucura, há um estreitamento de sua consciência. Mal comparado, podemos exemplificar como sendo um computador, que sob a influência de um vírus só consegue abrir uma pasta, dentre centenas. Este arquivo funciona momentaneamente para depois se apagar para sempre. Os atos praticados neste estado patológico não ficam registrados na mente do autor, ou quando resistem, lembram-se apenas de fragmentos. É comum observar um autor de crime hediondo não ter nenhum remorso. Não tem porque sua consciência não registrou. É como se outra pessoa tivesse sido o autor do crime.
.
Isso dificulta as investigações baseadas em depoimentos do acusado, visto que ele não tem noção alguma do que praticou. Nem detector de mentiras funciona.
Esse estreitamento da consciência é provocado muitas vezes por causas banais, como um choro de criança, uma discussão ou até sem motivo aparente.
Mesmo no caso de sadismo há essa correlação. O objetivo do paciente sádico não é, necessariamente, obtenção do prazer pela agonia do outro. O desejo de infligir dor não é a essência do sadismo, mas o impulso de exercer domínio absoluto sobre o outro, convertê-lo num objeto impotente da vontade do sádico. Por essa razão, o objetivo mais importante é conseguir que sofra, posto que não há maior poder sobre outra pessoa que o de vê-lo sofrer.
.
As investigações sobre o caso Isabella estão nos finalmentes e penso que o biótipo do assassino está inserido entre essas duas vertentes, ou seja, crime comum praticado por não familiares ou crime patológico por familiares... Ou não?

22 comentários:

requeri disse...

então, tá vendo???
por um lado ... b, ba, ban, bana, banal, banali, banaliz, banaliza ... a ação, banalização ...

por outro, ou pelo mesmo lado, não vem ao caso quem seja. por isso ou por aquilo, não aumenta ou diminui o valor da ação. como eu digo no meu reblogg há de se fazer com que seja resgatada a seriedade, a responsabilidade, o bom caráter, os valores certos em seus lugares certos ... há necessidade de se aculturar.
prevalece a valorização do mal, do descartável, do passageiro ...

por fim, valho-me da analogia, mesmo que cruel, para referir que uma criança está passível de ser jogada fora, pela janela, assim, por nada, como uma peça descartável, se ela ousa exercitar o cérebro reptiliano de alguém. um perigo!!!


bj.

Vanda disse...

Archimedes muito bem feita essa sua explicação comparando o cérebro de um homem com uma máquina.Agora me responda aquele que pratica o crime involuntária mente por essa falta de consciência deve ser julgado da mesma maneira que aquele que tem consciência do ato?Sabemos que as investigações estão se aproximando do fim....seja quem for , seu comportamento é anormal certo? esse indivíduo poderá pagar uma pena e ter a liberdade como tantos outros por ai..... e vai cometendo outros tantos crimes cada vez que se sentir ameaçado...... subulgado...ou incomodado. E dai
como fica??
Abraços
Vanda

Ev@ disse...

O tormento o sofrimento da Isabela, a monstruosidade do assassino (a),chocando o país inteiro.Junto com essa emoção, que só está sendo divulgada, por causa do status da família.Tomara que com tanta divulgação, o povo tome conhecimento de outros tantos acontecimentos, nas classes mais pobres, do nosso País.
Li hoje no O Globo, 3 mil álbuns no ORKUT de pedófilia. O Google Br, que hospeda o site, dificulta as investigações do Ministério Público .Um funcionário federal dos EUA, levando um menor para um motel.Evidente q o menor é pobre, onde andam as manchetes, onde protestos. Nada, vamos esperar que uma criança da ZONA SUL, seja molestada.Eu pergunto, ao nosso Sábio, se não está na hora, de artigos, desse blog, chamando atenção dos seus leitores,do crime também doloso contra crianças ... Na mesma proporção .. os diferentes sexualmente, 122 mortes, uma a cada 3dias.
Infelizmente, nosso povo, nossa imprensa só dão destaques quando as vitimas, da CLASSE A... A Isabela, uma menininha inocente com seu sofrimento, despertou o nosso povo... até quando ? como sempre, primeiro "vitimas",a emoção, de todos nós,depois ... ah depois, o esquecimento até uma Linda Menina ser sacrificada de novo. Como internautas vão agir quanto ao ORKUT.. não está na hora de mostrarmos, nossa indignação......
Sábio, mais uma vez entrando, fugindo do assunto do seu artigo, ou por causa dele, escrevendo, xiiiiiii engasguei !!!
Sr Sábio, isso é o Capitalismo ?
Ev@

Archimedes Carpentieri disse...

SESSÃO FEEDBACK

REqeri- banalização é consequência. Claro que isso está se tornando dengue carioca, mas imagina o que é mais acertado: acabar com os focos de dengue (causa) ou aumentar o número de atendimentos médicos?

Archimedes Carpentieri disse...

SESSÃO FEEDBACK II

Vanda:

O crime premeditado ou cometido com a vontade explicita de pratica-lo é denominado DOLOSO, isso implica em maior pena.

Os que não são praticados com intenção são chamados de CULPOSOS. Nesse item estão os acidentes de trânsito (a maioria), acidentes com armas entre outros e os patológicos.

No caso de patologia, se condenado, o réu vai para um hospital-presídio para cumprir a pena. Na prática, no Brasil, geralmente cumprem poucos anos.

A legislação brasileira é branda, principalmente para os crimes CULPOSOS.
Basta comparar com a legislação americana que pune menores até de 7anos, enquanto cá temos o Estatuto da criança e do adolescente que é um verdadeiro incentivo ao crime.

Archimedes Carpentieri disse...

FEEDBACK III

Ev@

Vc não fugiu do assunto, pelo contrário, fez ótimas colocações.
Realmente há muita disparidade entre uma vítima rica e uma pobre.
O acidente do avião da TAM ainda é notícia, mesmo depois de saturar os noticiários. No rio Amazonas, quando há um acidente com embarcações, a notícia é tênue e não passa de um dia.
Mas a nossa cultura sempre foi assim moldada, desde a época colonial.
Note na literatura. Não há um romance entre pobres. Sempre destaca-se os filhos da Senhora ou Senhor de Engenho. Isso já é herdade dos europeus do príncipe e a pebleia desde a Idade Média, ou então Romeu e Julieta, ou seja rico x rico.
Alguns escritores e artistas tentaram mudar isso na Semana da Arte de 1922, criando o nacionalismo brasileiro. Alguma coisa prosperou mas não o suficiente para apagar a força atávica do passado.
O Brasil precisa de uma revolução cultural.

Anônimo disse...

Querido Sábio

Vc demonstrou bem as anormalidades do comportamento e da mente humana.
No primeiro caso ( Comum ), apesar de plena consciência do ato que vai praticar ou praticou ... e até mesmo o sujeito do ato "justificar" a ação, relacionando-a a alguma " causa" ( ou seja a banalização do ser humano, da vida), o individuo apresenta sim uma alteração dos mecanismo mentais de relacionar com suas limitações, seus problemas ... porem estas alterações são apenas reativas ou usando um termo da minha época " neuróticas" e como tal passíveis de imputação de culpa.
No segundo caso( Patológico) a mente alterada por mecanismos profundos de destruição, desestruturação do ego ..uma mente doentia como disse .. não tem como "justificar" o ato, pois tb os mecanismos reguladores, que determinam os limites das ações, que geram sentimento de culpa , de arrependimento ( o supergo ) tb estam alterados ... esta mente doente ... representa os estados " esquisoides" , ou mais ainda os Psicotapas.
Neste caso brutal da menina Isabela só saberemos apos a análise dos peritos... mas de qualquer forma todos nós " perdemos" neste episódio , pois demonstra em última análise uma sociedade doente ... contaminada pelos " virus e bactérias" da perda de valores, da ausência de objetivo ( o objetivo é o capital em detrimento do homem) , da miséria ... da violência que resulta deste caldo..
Mais um livro para ler ...rsss

Beijo.
Bela

Anônimo disse...

Querido Sábio

Ao ler o seu texto lembrei de outro caso recente.

Você falou sobre o "sádico" ... o caso da empresária de Goiás é de uma crueldade assustadora .

Veja um pequeno trecho do retório do médico que examinou a menina:

" L. teve ferimentos que lhe causaram "dor muito intensa", principalmente as provocadas pelo ferro de passar. "Ela tem a forma do ferro marcado na pele",
" ...ficou evidente o uso de diversos instrumentos durante as sessões de tortura, como martelo, ferro de passar roupas, fios elétricos e alicate.
Outro fato que, na opinião do médico, comprova a crueldade contra L. é que não havia sinais de lesões que pudessem causar a morte da menina ou deixa-la incapacitada.
"Não houve uma explosão de maldade da acusada, mas sim uma ação repetitiva e contundente, com o intuito de causar sofrimento"

Ao mesmo tempo, a empresária declara que queria apenas "educar" a menina atraves de castigos ...

Todos estes depoimentos demonstram bem o que vc escreveu sobre a mente doente do sádico ... o prazer de ter poder total do torturador diante do sofrimento da vítima.

Tambem concordo com a Eva ... a sociedade tem que reagir ..não podemos ficar imobilizados como uma vítima diante do "torturador" ... manipulados pelos poderes constituidos que defendem o capital ...

Beijo
Bela

requeri disse...

bem ... sobre sua réplica ali de cima, já resolvemos ontem. eu já disse e disto eu entendo: teimosia da urticária ... e tenho dito!!!

venho por estas mal traçadas linhas indicar o caminho do cover, onde coloquei o código de um slide show lindo, com música linda, cor adaptada para o atual template do blog e, principalmente, pequeno ... esse vermelhudo tá c'a bunda de fora ... coisa feia!!!

requeri disse...

ac, vc querendo editar o slide show é facilinho. vai ver lá no reblogg no cerrado ... rsrs ... adorei isso!!!
valou meu chapa???

Vanda disse...

Archimedes quero aproveitar esse espaço pra dar os parabens pelo trabalho da EVA sobre a dengue... passei pra todos os meus contatos...
abraços
Vanda

Archimedes Carpentieri disse...

Eita mundão danado sem porteira.

Este é o único blog em que os comentários são mais interessantes que os artigos...rs
Ñão é mesmo Dra. Bela?

requeri disse...

ac, antes de resmungar, leia com atenção o meu coment nada acadêmico, apenas, ilustrativo
... rsrsr ... se é que é possível ilustrar alguma coisa nesse contexto.
o que segue, é uma observação simplísta, que não justifica qualquer ato criminoso, mas que considero da mais alta valia.

um homem de 29 anos, com forte possibilidade de ser imaturo, responsável por 3 filhos, dependente financeiramente do pai, não reage com prudência diante de algumas situações. uma ação simples, que o desagrade, tende a ser hipervalorizada.
uma mulher de 24 anos, mãe de 2 filhos pequenos, que exigem excessivos cuidados e que convive, periodicamente, com uma garotinha de 5 anos nascida da relação anterior do seu companheiro com outra mulher, não está cumprindo o que poderia ser considerado natural na sua vida. igualmente, pra ela, qualquer ação, por banal que seja, recebe uma pontuação emocional que descontrola os ponteiros de qualquer medidor.
por quase nada o embróglio está armado, uma discussão com a companheira (o), ... descontrole generalizado ...
o que poderia servir como fator de amadurecimento, por ene ou nem tantas razões, é motivo de ruptura total, trágica e cruel do esquema.

apesar da manifestação mantenho minha disposição em não valorizar quem ou porque, pois, o buraco disso tudo está muito mais embaixo.

Archimedes Carpentieri disse...

Requeri

Também penso ser isso. E na discussão ou briga do casal a menina é acidentamente golpeada ou empurrada de maneira a bater a cabeça em algo. Desfalecida ou mesmo morta, um dos dois, naquele estado de ESTREITAMENTO DA CONSCIÊNCIA atira a menina pela janela para (na sua cabeça) ELIMINAR O PROBLEMA.

Anônimo disse...

Querido Sábio

Vc tocou num outro assunto muito barra pesada ...o sadismo.
Vc disse tudo : O prazer maior do torturador é o sofrimento do outro ... quanto mais intenso ... maior o poder e domínio sobre a vítima ...que são vivenciados como prazer e como tal sempre se quer mais e mais.

Há poucas semana, um outro caso terrível ficou em evidência na midia.... o caso da empresária Silvia Calabresi .
Veja o que legista relata:
"Segundo Décio Marinho, ficou evidente o uso de diversos instrumentos durante as sessões de tortura, como martelo, ferro de passar roupas, fios elétricos e alicate. Outro fato que, na opinião do médico, comprova a crueldade contra L. é que não havia sinais de lesões que pudessem causar a morte da menina ou deixa-la incapacitada....L. teve ferimentos que lhe causaram "dor muito intensa", principalmente as provocadas pelo ferro de passar. "Ela tem a forma do ferro marcado na pele", afirmou Marinho. Não houve uma explosão de maldade da acusada, mas sim uma ação repetitiva e contundente, com o intuito de causar sofrimento", disse Marinho."

Este assunto a gente fica até sem conseguir falar ... a Eva tem razão ...é importante que a sociedade saiba que ela é responsável e não um mero expectador ...

beijo procê.
Bela

requeri disse...

a menina pode ter tentando apaziguar, deter os ânimos e passou a ser o foco da ira. ela, de alguma forma, detém boa parte do simbolismo da cena de violência protagonizada pelo casal.
em seguida, jogá-la pela janela e montar uma história fantástica sobre a participação de uma terceira pessoa, foi a saída que justificaria a agressão.
já que resolvo assumir o flanco holmescolumbofreudiano do meu cérebro preciso externar o que me intriga: tudo aconteceu em, apenas, 12 minutos ...

ac, prestenção ...
do cérebro reptiliano, o complexo-r da nossa massa encefálica, despremdem emoções primitivas como amor, luxúria, medo, ódio ... são milhões e milhões de anos de camadas de raciocínio somadas alí ... não é brincadeira.
quando estamos descontrolados, cheios de raiva, o cérebro réptil está anulam o nosso raciocínio e concedendo o controle às suas mais primitivas emoções.

requeri disse...

criatura, bedece! vai no cover e olha fixamente pro cabeçalho novo, que acabei de colocar. duvido que não faça ... suuuuuuuuuuuuuuceeeeeeeeessoooo!!!

y basta, por ahora!!!

requeri disse...

às 16h50, no intervalo do jogo, em cima da hora, em cima da bola e daqui, do ladinho do morumbi, eu, santista, pergunto:

o gol, foi c'a mão???

sampaulinos ... nãããããããããããããããão!!!

palmeirenses ... siiiiiiiiiiiiiiiiiim!!!

... rsrs ...

pois é, perspectiva é uma teoria unilateral ...

requeri disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PAZ disse...

Bela,
Eu falei do ORKUT....da pedófilia que existe por lá .... eu nunca entrei .... nem tenho nada contra a quem é de lá ....
Agora, sou CONTRA SIM, num lugar q é nosso ... que podemos protestar, fazer campanha contra.... e ficamos sem um protesto ...
Acho Bela, nem sei se estou certa. Mas tudo q nos incomoda, e temos algum meio de protestar ... não podemos ficar indiferente ... o americano funcionário federal q levou um menor p/um hotel ...sabe olha q coisa legal.... ELE FOI DEMITIDO ... isso pq a matéria era sobre pedófilia no ORKURT... aproveitaram, colocaram a foto, deles entrando no HOTEL...
Desculpa querida, mas quando fico chocada com o q acontece nesse nosso país ... num sei ficar quieta... e prolonguei um assunto,
que o nosso Sábio nem os seus leitores, deram importância ...
Beijos ..... obrigada por me ler ... Ev@

Anônimo disse...

Sábio, estou preocupada com Archie,o blog está com o mesmo artigo muito tempo.
Por favor, fale com o Archie para dar noticia para so_maria.

PAZ disse...

Embora sempre querendo PAZ... não é o meu nome .... mas estou honrada de ser chamada de PAZ ..
Eu sou a Ev@ P@Z